Início Cultura Mostra de arte pelas mulheres

CIMG3595

CIMG3597

CIMG3576

CIMG3575

Convite


Mostra de arte pelas mulheres
Roque Silva | 
19 de Julho, 2013
O artista Cristiano Mangovo inaugura hoje, às 18h00, na galeria Tamar Golan, na sede da Fundação Arte e Cultura, em Luanda, a exposição “Calunia
r”, composta por 13 quadros que denunciam a violência de género.
O artista disse que as obras pretendem ser uma campanha contra os maus tratos de que são vítimas as mulheres e um apela às autoridades no sentido de agirem com imparcialidade em casos de transgressões. A exposição, cujo curador é a Fundação Arte e Cultura, promove igualmente as normas contra a violência doméstica e de género, para chamar a atenção da sociedade para a legislação que protege a mulher. Cristiano Mangovo explicou ainda que os quadros transmitem sentimentos sobre as acções e potencialidades das mulheres. As técnicas usadas são a pintura em acrílico, óleo e mista sobre tela. O artista também vai explicar como se monta uma exposição. A instalação reúne alguns objectos íntimos (de mulheres e homens), assim como fotografias, de forma a transmitir certas mensagens de agressão, abandono, carinho e protecção das mulheres. “A mulher é uma flor que dá vivacidade ao lar, daí que deva ser protegida pelo seu parceiro e por toda a sociedade. Ela é, muitas vezes, caluniada e rotulada, mas a descriminação que sofre é repudiável porque ela também tem direitos”, explicou. Natural de Cabinda, o pintor frequentou, em Kinshasa, o curso de Humanidades Artísticas, onde obteve, em 2003, o “Diploma de estado” na área de pintura, do colégio de Belas-Artes Esfora.